Toyota Yaris chega nas versões hatch e sedan e parte de R$59.590

Chega ao Brasil o novo Yaris, carro global da Toyota já disponível nas carrocerias hatch e sedã, o modelo conta com os motores 1.3 e 1.5 litro Dual VVT-i que já equipam o Etios e com transmissão automática CVT e manual de seis velocidades, além de vidros e travas elétricos, controle de estabilidade, tração e assistente de subida em rampa, faróis com regulagem elétrica e acendimento automático, roda de liga leve de 15” e faróis de neblina. Ao contrário do modelo europeu, o “nosso” é montado sobre a plataforma do Etios e é o mesmo vendido na Tailândia.

Os pedidos de vendas do novo Yaris têm início em 07 de junho, tanto para a versão hatch, como para a sedã, enquanto a produção iniciará em 15 de junho e 02 de julho, respectivamente. Para atender às necessidades dos mais diferentes perfis de clientes, o novo Yaris chega ao Brasil em cinco versões.

Com relação às dimensões gerais, o novo Yaris possui 4.145 mm de comprimento (4.425 na versão sedã), 1.730 mm de largura, 1.490 mm de altura e 2.550 mm de distância entreeixos. A capacidade do porta-malas na versão hatch é de 310 litros, enquanto no sedã, 473 litros. Já o tanque de combustível comporta 45 litros.

Para o modelo hatch, são elas: XL manual e XL CVT, XL Plus Tech CVT (todas com motorização 1.3 litro), XS e XLS, estas com câmbio CVT e motor 1.5 litro. A carroceria sedã possui as mesmas versões, somente com motorização 1.5 litro.

Sobre os motores:

– 1.3L Flexfuel, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, que rende 101 cv a 5.600 rpm, quando abastecido com etanol, e 94 cv, a 5.600 giros, com gasolina. O torque máximo nesta configuração é de 12,9 kgfm (com etanol) e de 12,5 kgfm (com gasolina), sempre a 4.000 rpm. Em comparação com o Etios, o ganho foi de 3 cv e 0,2 kgfm de torque com etanol e de 6 cv com gasolina em comparação com o Etios.

– 1.5L Flexfuel, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, que rende 110 cv de potência a 5.600 rpm, quando abastecido com etanol, e 105 cv, a 5.600 giros, com gasolina. O torque máximo nesta configuração, a 4.000 giros, é de 14,9 kgfm (com etanol) e de 14,3 kgfm (com gasolina). Para esta motorização, o ganho de potência também foi de 3 cv e 0,5 kgfm de torque com etanol e de 3 cv com gasolina em comparação com o Etios.

Na parte dianteira, temos a McPherson com batente hidráulico, que evita batidas secas quando a roda desce ao limite do curso do amortecedor.

Tanto o sistema de suspensão frontal quanto o traseiro tiveram a altura elevada em 13 mm em comparação com o projeto global do Yaris. Com isso, o carro está apto para encarar o perfil de solo brasileiro. Na traseira, foi adotado o eixo de torção com barra estabilizadora.

As cores disponíveis para o novo Yaris são: Branco Polar (sólido), Branco Perolizado, Cinza Cosmopolita, Prata Lua Nova, Prata Premium, Preto Infinito, Vermelho Super (sólido) e a nova e exclusiva, Azul Titã.

Preços e versões:

XL manual: R$59.590 (hatch 1.3) e R$63.990 (sedan 1.5)

XL CVT: R$65.590 (hatch 1.3) e R$68.690 (sedan 1.5)

XL Plus Tech (ambos 1.5 CVT): R$69.590 (hatch) e R$73.990 (sedan)

XS (ambos 1.5 CVT): R$74.590 (hatch) e R$76.990 (sedan)

XLS (ambos 1.5 CVT): R$77.590 (hatch) e R$79.990 (sedan)