Venda de veículos importados cresce 2,9% em julho

As dezesseis marcas filiadas à Abeifa – Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, com licenciamento de 3.100 unidades, anotaram em julho alta de 2,9% em relação a junho último, quando foram vendidas 3.013 unidades importadas. Ante igual período de 2017, o resultado de maio é 14,3% maior. Foram 3.100 unidades contra 2.712 veículos emplacados em julho do ano passado.

No acumulado, as associadas à Abeifa anotaram 21.047 unidades importadas licenciadas, alta de 31,5% em relação às 16.001 unidades emplacadas de janeiro a julho de 2017.

O presidente da Abeifa, José Luiz Gandini, avalia que “embora as vendas no mercado interno em julho tenham sido as melhores deste ano, para o setor de importados foi apenas o quarto melhor mês, tudo indica ainda sob a pressão do câmbio. Infelizmente, o setor foi forçado a rever promoções e, em alguns casos, até aumentar seus preços em reais”.

Para Gandini, “depois da greve dos caminhoneiros e da Copa do Mundo que, de alguma forma, influenciaram o comportamento de vendas em maio e junho, a falta de confiança do consumidor ainda persiste. Mas a pequena reação em julho já sinaliza que teremos um segundo semestre melhor, mesmo com outro fenômeno importante do ano, as eleições”.

As cinco marcas que mais venderam, de janeiro a julho de 2018, foram a Kia Motors (6.899 unidades / +46,4%), Volvo (3.274 / +78,4%), Jac Motors (2.502 / +27,6%), BMW (1.551 / +33,7%) e Lifan (1.519 / -0,8%). No mês de julho, Kia Motors (804), Volvo (606), Jac (300), Suzuki (268) e Land Rover (237) formam o quadro das cinco marcas que mais licenciaram.

Participações – Em julho último, o total de 3.100 unidades importadas da Abeifa significou 1,58% do mercado interno, que emplacou 208.551 automóveis e comerciais leves. Se considerado somente a importação total, as associadas à Abeifa responderam por 11,61% (do total de 26.704 unidades importadas).

Em outro cenário, de produtos nacionais fabricados por afiliadas à entidade mais o volume importado, as 16 empresas licenciaram 4.951 unidades licenciadas em julho. Com esse total, a participação das associadas à Abeifa subiu para 2,37% do mercado interno de autos e comerciais leves (208.551 unidades).

Produção local – Entre as associadas à Abeifa, que também têm produção nacional, BMW, Chery, Land Rover e Suzuki fecharam o mês de julho com 1.851 unidades emplacadas, total que representou alta de 1,1% em relação a junho de 2018. Comparado a julho do ano passado, a alta é de 1,3%, quando foram emplacadas 1.828 unidades nacionais.

Fonte: Textofinal de Comunicação Integrada