Dia Internacional da Mulher – Bárbara Neves é inspiração no motociclismo

No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, o motociclismo tem motivos de sobra para comemorar. O recente anúncio da piloto goiana Bárbara Neves, de 18 anos, na equipe Honda Racing de Enduro FIM marca a chegada da primeira mulher ao time oficial mais tradicional do esporte sobre duas rodas no país.

“É um marco para o motociclismo feminino e eu estou muito feliz em fazer parte desta história”, contou Bárbara, que irá acelerar a motocicleta Honda CRF 250F na temporada 2019. O primeiro desafio está marcado para este domingo (10), na 5ª edição do Enduro FIM Experience da Mulher. A prova exclusiva para as classes femininas terá início às 10h30 no Complexo Ayrton Senna, em Ribeirão Pires (SP), com entrada franca ao público.

Bárbara também está confirmada nas provas do Campeonato Brasileiro da modalidade. Com sete etapas no total, a competição terá início nos dias 16 e 17 de março em Itapema (SC). Ela compete na categoria específica para mulheres, a EFeminina, que está em plena ascensão.

“A cada ano, mais meninas começam a andar de moto e a fazer trilhas e competir. Eu fico muito feliz com o crescimento da categoria. As pilotos são bem unidas, uma ajuda a outra – e todas crescem.”

Campeã latino-americana feminina de Enduro FIM em 2018 e brasileira em 2017, Bárbara ressalta que o motociclismo traz benefícios além da prática esportiva. “Com a rotina de competições, eu conheço lugares onde nunca imaginei chegar e pessoas incríveis. É uma experiência maravilhosa”, acrescentou.

Ela ganhou a primeira moto com três anos de idade, mas voltou a andar mesmo aos 13 anos, fascinada pelo ambiente off-road – apresentado pelo seu pai, o ex-piloto de Enduro de Regularidade Rildo Gonzaga. Mas quem pensa que apenas isso a credenciou para as provas está enganado.

“O meu pai sempre me apoiou, mas só liberava a moto com boas notas na escola. Sem dúvidas isso foi um grande incentivo, eu me dedicava bastante nos estudos a semana toda para poder andar de moto no sábado e no domingo”, contou Bárbara, com bom humor.

Versátil, Bárbara tem experiência em outras modalidades do motociclismo, como Motocross, Hard Enduro, Enduro de Regularidade e Cross Country. O comum é o contato direto com a natureza: sol, poeira, calor, umidade, pedra e lama, entre outros desafios.

“Eu sempre vou maquiada para as provas. Gosto bastante de me cuidar e de estar bonita para conversar com as pessoas e tirar fotos. Depois das corridas, os cabelos ficam um pouco embaraçados, então é importante lavar bem e fazer hidratação nos fios. Nós, mulheres, podemos fazer o que quisermos – e sem perder e feminilidade”, concluiu Bárbara Neves.

A equipe Honda Racing de Enduro FIM é patrocinada por ASW, Alpinestars, DID, Seguros Honda e Óleo Genuíno Honda. ​

Fonte: Mundo Press – Assessoria de Imprensa da Honda Racing Brasil