Avaliação – Range Rover Evoque Prestige Tech Pack 2012

Fotos: Bruno Belletti e Marcus Lauria

Mudar um comportamento tradicional é muito complicado pra qualquer pessoa, família ou instituição, ainda mais para quem tem muitos anos de história como a montadora inglesa Land Rover (desde 1948). Mesmo controlada por vários grupos de investidores e outras marcas por vários anos, a fabricante britânica sempre manteve a tradição, mesmo após ser adquirida pela indiana Tata Motors em 2008. Voltando ao assunto da tradição, podemos afirmar que na Inglaterra foi inventado o futebol e os pubs, lá se popularizaram os tablóides e instituiu o chá das 5 como umas de suas mais caras tradições. Além disso, os modelos da Land Rover servem a Família Real na Inglaterra.

Essas informações no parágrafo acima são para explicar o radicalismo da Land Rover em criar o seu mais novo e sensacional modelo, o crossover Range Rover Evoque, avaliado por cinco dias pelo site. Com linhas que fogem do tradicionalismo da marca, o Evoque chega para roubar a cena de todos os seus principais concorrentes (Audi Q3, BMW X1 e Volvo XC60). Ao observar o Evoque por fora, nota-se logo que suas linhas futuristas servirão de base para os próximos modelos da marca.

Usando como base uma plataforma semelhante a do Freelander, o Evoque mede 4,37 metros de comprimento, 1,97 metros de largura e 1,64 de altura e 2,66 m de distância entre-eixos, na versão de quatro portas avaliada. Os faróis afilados, a grade central na cor cinza em forma de colméia e o pára-choque robusto com faróis de neblina de LEDs nas extremidades se destacam logo de cara.

Visto de lado chama a atenção o corte na linha da cintura das portas, que começa na porta dianteira e vai subindo levemente até o pára-lama traseiro, a mesma linha se forma em paralelo abaixo das maçanetas formando um vinco mais aparente. A saída de ar cromada localizada no para-lama dianteiro faz conjunto com as enormes rodas de 20 polegadas, transmitindo esportividade ao crossover inglês.

Na parte traseira, o maior destaque fica por conta do aerofólio localizado acima da tampa do porta-malas e as pequenas lanternas traseiras, além das duas saídas do escapamento cromadas, o teto preto contrasta com o resto da carroceria. O modelo segue as linhas do conceito LRX, apresentado em 2008.

Se por fora o Evoque chama atenção naturalmente, por dentro o modelo não deixa nada a desejar. O interior usa materiais de primeira linha, com couro para todos os lados que se olhe ou toque. Além da ótima qualidade de construção, nenhuma peça está fora do lugar à ergonomia do Evoque é um exemplo a ser seguido pela concorrência. A versão avaliada era a Prestige Tech Pack, que traz o pacote de assessórios mais completo.

Entre tantos itens podemos citar o sistema de entretenimento com duas telas LCD independente nos encostos dos bancos dianteiros, sistema de câmera 360°, que ajuda na hora de manobrar, com essa câmera é possível ver todos os ângulos do carro sem sair dele em uma tela de 8 polegadas. A mesma tela tem o sistema Dual View, que possibilita ao motorista o acesso a todas as funções do veículo enquanto o passageiro do banco da frente pode assistir, na mesma tela, a um filme ou o programa de TV favorito. O espaço é suficiente para carregar cinco adultos sem aperto.

CONTINUA NA PÁGINA 2

5 comments on “Avaliação – Range Rover Evoque Prestige Tech Pack 2012

  1. Marcel Cintra

    Isso sim é um SUV irado para caralho. Nota 11!
    Eu não curto SUV, mas teria fácil essa na minha garagem!
    Carro bonito da porra!!!

    Marcus, parabéns pela matéria. Estou orgulhoso de ver você só fazendo review de carreta maneira. Show de bola!

  2. Daniel Diplay

    Parabéns pela avaliação Marcus!

    Realmente um carro espetacular!!! Utiliza soluções muito interessantes para quem usa no dia-a-dia! O design é sem comentários, futurista pra caramba!

    A Land Rover poderia num futuro próximo criar um carro maior com esse mesmo design, ficaria bem interessante!

    A única ressalva que eu faria a este carro é o uso de um 4 cilidros turbo… deviam ter colocado um V6…

Deixe uma resposta