Dicas: Cuidados para evitar superaquecimento do motor

Parte do sistema de arrefecimento, a bomba d’água, responsável por fazer circular o líquido de arrefecimento pelo motor até o radiador é peça fundamental para controlar a temperatura ideal de trabalho e evitar o superaquecimento do veículo. “Os motoristas devem ficar sempre atentos com o desempenho da bomba d’água e todos os componentes que compõe o sistema para não comprometer a refrigeração do motor”, afirma Jair Silva, gerente de qualidade e serviços da Nakata.

Silva explica que, geralmente, a bomba d’água é ligada à parte frontal do motor responsável pelo o seu acionamento por meio de uma correia, fazendo com que o rotor gere o fluxo do líquido de arrefecimento no sistema. “Caso ocorra alguma falha na bomba d’água o fluxo do líquido de arrefecimento pode ser interrompido, o que poderá resultar em superaquecimento e, assim, encurtar a vida útil do motor”, alerta.

A recomendação é ter alguns cuidados com a manutenção preventiva dos componentes do motor. “É importante verificar, semanalmente, o nível do líquido de arrefecimento com o motor frio e caso haja redução do líquido será preciso investigar o vazamento”, comenta. Ruídos, e temperatura acima do normal é um alerta de que algo está errado e deve ser investigado por um profissional habilitado.

Se houver necessidade de troca da bomba d’água é recomendável levar a uma oficina especializada e de confiança já que é necessário conhecimento técnico e preciso verificar a peça adequada para cada modelo de veículo. A limpeza de todo o sistema também deve ser minuciosa.

A Nakata, fabricante de autopeças para o mercado de reposição com linhas completas de componentes para undercar para veículos leves e pesados, está constantemente ampliando o portfólio. Recentemente, lançou bomba d’água para diversos veículos da Fiat, como o Palio, Punto, Siena e Strada.

Fonte: Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta