Pilares da Indústria 4.0 já são realidade na produção de cabinas na Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz do Brasil inicia 2019 com mais um importante avanço no rumo da Indústria 4.0 no País. Pilares da quarta revolução industrial – como tecnologia digital, conectividade, dados na nuvem, Big Data e Internet das Coisas – já estão presentes na Linha de Cabinas de caminhões da fábrica de São Bernardo do Campo (SP).

“Há pouco menos de um ano, inauguramos nesta planta a nova Linha de Montagem de Caminhões, trazendo grande impacto para o setor de veículos comerciais no País, com a implantação pioneira e efetiva de conceitos da Indústria 4.0”, ressalta Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina. “Agora, com a Linha de Cabinas, estamos dando mais um passo histórico e decisivo, que terá continuidade, porque iremos avançar para a produção de agregados, como motores, câmbios e eixos, e também de chassis de ônibus”.

Com um novo ambiente de trabalho na produção de cabinas, a Mercedes-Benz projeta ganhos de 15% em eficiência e 20% em logística em relação a processos anteriores. Para tanto, além de tecnologias, processos e recursos avançados, a nova Indústria 4.0 que cresce cada vez mais dentro na Empresa também dedica atenção muito especial aos colaboradores.

A nova Linha de Cabinas 4.0 vem desenvolvendo e testando, por exemplo, o uso de avançadas soluções – inéditas na Empresa, na Daimler Trucks e em veículos comerciais no País – como óculos de realidade aumentada, robô colaborativo e exoesqueleto, ferramentas inovadoras para uma nova realidade nas linhas de produção. Essas tecnologias trazem ganhos importantes de ergonomia, qualidade de vida e segurança no ambiente de trabalho para os colaboradores.

“Com a nova Linha de Cabinas, seguimos entregando investimentos no Brasil, dentro do aporte de R$ 2,4 bilhões programado entre 2018 e 2022”, informa Philipp Schiemer. “Ou seja, a Mercedes-Benz segue confiando no potencial do mercado brasileiro”.

A nova Linha de Montagem de Caminhões da Mercedes-Benz inicia uma nova era da interação entre homens e tecnologia. Os colaboradores estão no seu comando na Indústria 4.0, assegurando altos padrões de qualidade, produtividade e flexibilidade para atendimento aos clientes.

“A Linha de Cabinas também é resultado do aprimoramento do processo ergonômico nas células de trabalho e do investimento contínuo na qualidade de vida dos colaboradores, com participação da área de Medicina e Segurança do Trabalho”, diz Carlos Santiago, vice-presidente de Operações da Mercedes-Benz do Brasil. “Nosso foco é a evolução do ambiente de trabalho, contribuindo para o desenvolvimento das equipes”.

O diversificado universo de equipamentos, ferramentas e tecnologias de última geração está totalmente conectado na atual Linha de Cabinas. A alta tecnologia aplicada por toda linha permite disponibilizar dados em tempo real para diversas áreas da fábrica. Um App permite acompanhar 100% da produção pelo celular e de qualquer lugar. Essa ferramenta tem interface com a planta de Juiz de Fora (MG), em que ocorre a pintura das cabinas, e com diversas áreas de São Bernardo do Campo.

Dados gerados por equipamentos como as apertadeiras eletrônicas, robôs e AGVs (Automatic Guided Vehicle ou Veículo Guiado Automaticamente) são armazenados em um Data Lake e alimentam sistemas de inteligência artificial e Big Data. Utilizando recursos de Analytics, pode-se monitorar a qualidade de todos os produtos, detectar falhas e até fazer uma correlação com as informações de Vendas, flexibilizando o mix de produção.

 

Deixe uma resposta